quinta-feira, 25 de março de 2010

Infidelidade


Aqui está um tema que ultimamente aparece em todo o lado... Eu também já escrevi sobre isso e não foi assim a tanto tempo, o que acontece é que parece que isso está mesmo banalizado...
Há dias, quando fazia a "ronda" por vários blogues que costumo seguir, um deles falava sobre o site da infidelidade, ou seja, um site que ajuda as pessoas a serem infiéis... E ao que parece já tem milhares de usuários de vários países.
Como se não bastasse, estava eu a ler a revista do costume quando deparo exactamente com o mesmo site... Um artigo inteiro sobre o site da infidelidade!!!
E se isso já me espanta e muito, ainda mais irritada fico quando leio coisas tipo isto "Cansada do tédio em que se transformou a sua vida sexual, achou que Gleeden poderia ser a tábua de salvação..." ou isto "É só sedução e sexo. Ambos sabemos que temos compromissos com pessoas que amamos e que não queremos magoar."
Mas o que é isso??? Agora traição é tábua de salvação??? Amam mas não querem magoar, contudo são infiéis!!!
Não consigo entender e irrita-me muito toda essa banalidade que agora existe em volta da infidelidade...
Não sou moralista nem nada que se pareça... Se as pessoas são descomprometidas, são livres de fazer o que quiserem, com quem quiserem desde que sejam honestas e sinceras mas, quando existem outras pessoas envolvidas, não posso não quero e não consigo achar isso natural e normal... Chamem-me o que quiserem mas não dá!!!
Egoísta, ciumenta!! Que seja...
Irrita-me mesmo muito... As pessoas não são sinceras... Tem um relacionamento e não são capazes de dizer os seus desejos e vontades mas, depois com relacionamentos extra-conjugais parece que mudam de personalidade e encarnam outras pessoas e, nessa situação já são capazes de dizer os seus desejos e vontades...
A mim, isso parece-me falso moralismo.
Há coisas que me ultrapassam!!!!
Vou tomar um XANAX para ver se me acalmo porque de facto isto irrita-me mesmo muito.

7 comentários:

A minha essência disse...

Bom, vamos por partes...
Primeiro que procura este tipo de sites não pode gostar da companheira... não pode levar a sua relação a sério... nem pode estar bem na dita "relação"!! Por norma quando começamos a olhar para o lado é porque efectivamente algo não está a correr bem com o nosso parceiro...
Segundo, não me venham dizer essas pessoas que procuram esses sites que têm uma mente muito aberta, muito à frente porque isso é falso moralismo!
Terceiro e para rematar:
Quando estamos numa relação a base de tudo parte da confiança, respeito partilhado e o amor que une uma relação a dois, não a três!!

Beijos

BalDocas disse...

Pois hoje em dia existe sites para tu e mais alguma coisa!

Mas para este tema/assunto, não é necessário sites, porque a infidelidade já existe á mais de meio século, e nessa altura não havia internet, e não era por isso que deixavam de ser infiéis, só que também á muitos anos a infidelidade era sinónimo de masculino, e hoje em dia já não é assim, porque segundo algumas estatísticas as mulheres actualmente não estão lá tão no fundo da lista; Se por vezes se diz que o homem procura fora de portas, o que não tem em casa, e a mulher procura o quê? Aventura? Vingança por saber que foi traída? Ou simplesmente uma experiência?
Não sei!
A unica coisa que sei, é que por vezes é dificil manter uma relação/casamento a dois, quanto mais a três!!!

Beijo

Anónimo disse...

hoje queria ser rude , deselegante e mais outros adjectivos que não me lembro .
ACHO MELHOR IR PROCURAR OUTRO SITIO

Hoje não estou para falsos moralismos do tipo «EU NUNCA...»porque o amanhã é uma incognita e não continuo para não ferir susceptibilidades ...
MORALISMOS BAH BAH

Liliane disse...

Anónimo(a),
Sim se a intenção era ser rude, deselegante e outras coisas, realmente fez bem em procurar outro sitio.
Por aqui aceitam-se todos os comentários (mesmo que diferentes da minha opinião) desde que sejam bem educados e fundamentados.

Quanto ao "EU NUNCA..." também concordo... Não costumo usar muito essa expressão tal como o "EU SEMPRE..."
Também concordo que o amanhã é uma incógnita, contudo, à partida há coisas que muito dificilmente me imagino a fazer e ser infiel é uma delas, principalmente porque não gosto que façam comigo...
Se isso é falso moralismo, então, nesse caso posso dizer que sou falsa moralista mas, não me parece o caso, PARA MIM falso moralismo é uma pessoa dizer que não concorda com esta ou aquela atitude e depois fazer exactamente aquilo que não concorda.

Agradeço o comentário e o "cuidado" de procurar outro sitio para ser rude e deselegante.
Os comentários são bem-vindos.
Bjos


Essência e Baldocas,
Sabemos que este tema dá-nos horas de conversas e conheço bem as vossas opiniões tal como vocês conhecem bem a minha...
Mas há sempre mais e mais para falarmos.
Beijinhos às duas.

A minha essência disse...

Risos... risos... risos... risos...

Mas a parvoeira blogosférica pega-se ou o quê!!??

Lili, temos que pôr os nossos blogs à prova dos anti-socias, racionais e culturais!!
Pronto, está visto!

Beijos :)

Anónimo disse...

Arrogancia...
Diz à tua colega que tem montes dela...
Que está muito certa do seu futuro, só lamento não saber o mesmo do meu, que não vacilará perante nenhuma partida ou atrocidade da vida...
Que está muito certa do parceiro, que mete as mãos no fogo por ele , e que já sabe que atitude tomará caso a dita INFIDILIDADE lhe bata a porta...

Liliane disse...

Anónimo,

Não sei a qual das amigas te estas a referir...
Segundo, não me parece nada bem vir aqui (em anonimato) e ofender as pessoas que comentam este espaço.
Como já disse, os comentários são todos bem-vindos mesmo que diferentes do meu, contudo falta de educação não é bem-vinda.
Terceiro, não mando recados à ninguém... Se é de alguma pessoa que comentou o blogue que estás a falar, fala directamente para ela, claro que com educação e sem ofensas.

Obrigada.