sexta-feira, 12 de junho de 2009

2 comentários:

Karochinha disse...

Pois eu acho que o Amor, nem sempre tem o maravilhoso cheiro da rosa, também tem muitas vezes a dolorosa sensação dos espinhos, nem por isso deixa de ser Amor, são as diversas fases por que se vai transformando num sentimento sublime!

Beijocas ;)

Anónimo disse...

AH pois é verdade.