terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Como se o sol fosse raiar...

Ela deixou este comentário no meu post sobre "Dá para entender??" e eu adorei e decidi publicar... Desconheço o autor, mas parece-me que tem uma visão da vida que todos podemos aproveitar. Obrigada Lu, gostei mesmo.



A vida é bela
quase tão bela quanto aquela
que a gente sonhou.
E é preciso ser feliz.

A vida tem quimeras
tem sonhos na janela
e tem portas abertas
e portas que se fecham.

A vida é uma promessa
que temos que cobrar
do mundo, de nós mesmos
e de quem nela entrar.

Mas é preciso crer
ousar, ir buscar
e se não encontrar
começar tudo outra vez.

Importa é não parar
seguir sempre vivendo, sendo
pincelando aqui e acolá
como se fosse uma tela.

Mas a vida é bela!
Ninguém pode negar
porque mesmo no ocaso
pode-se fazê-la vibrar!

Como se o sol fosse raiar...

1 comentário:

Lu disse...

Ops, desculpe, esqueci de citar o autor. Terrível falha. O texto é de Terezinha Penhabe. Beijo!