quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Mito ou Verdade??

O álcool é um desinfectante?
Verdade.

Claro que a sua utilização não dispensa a esterilização de certos materiais.

"Um anti-séptico/desinfectante ideal deve ser capaz de destruir a forma vegetativa de todos os microrganismos patogénicos, requerer tempo limitado de exposição e ser eficaz em temperatura ambiente, não-corrosivo, atóxico para seres humanos e de baixo custo. Devido às semelhanças na composição química e metabolismo entre os seres humanos e microrganismos, é pouco provável alcançar este ideal. Entretanto, a toxidade selectiva (a toxidade selectiva para alguns microrganismos mas não para as células humanas) é de suma importância para os anti-sépticos. O grau de selectividade para os agentes anti-sépticos pode variar, dependendo dos tecidos com os quais entram em contacto. Um anti-séptico destinado para a lavagem das mãos pode ser menos selectivo do que um anti-séptico utilizado como colutório oral, visto que o epitélio altamente queratinizado da pele proporciona maior grau de protecção contra anti-séptico do que o epitélio oral."

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. (texto adaptado)

2 comentários:

Anne disse...

Mas tem que ser álcool 70, aquele usado nos hospitais :)

Karochinha disse...

Olá Liliane,

Já te adicionei e espero em breve podermos falar mais um pouco.
Até lá, obrigada e beijocas
Esmeralda