sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Susto

Como não tinha nada para postar hoje resolvi bater com o carro ontem a noite...
Só naquela de ter o que falar e escrever... e, também de dar um susto ao pessoal.
Mas, agora falando a sério, foi um susto e tanto... Ainda nem sei bem como foi. Estava num cruzamento e, depois de ter verificado que não vinha carro nenhum avancei e.... PUUUUUMMM!!!
Afinal vinha um carro da direita... Não sei de onde apareceu... Não vi o carro, só o vi quando já estava mesmo a bater.
Vi também muito bem a expressão do homem quando lhe bati... Coitado deveria ter pensado que eu estava doida.
Felizmente ninguém ficou ferido... já os carros... bem esses não ficaram lá muito bem. O meu deixou de andar o dele nem sei.
Fiquei tão em estado de choque que não conseguia sair do carro e o mais engraçado é que o homem também não saia do carro... Ora bem... dois malucos com os carros batido dentro do carro no meio de um cruzamento... numa hora em que há algum movimento... escusado será dizer que toda a gente olhava... Ainda me foram perguntar se estava tudo bem e porque é que não saía do carro... Pois... Não saía porque não conseguia fazer o meus músculos responderem às ordens do meu cérebro.
Lá acabei por fazer os telefonemas... E foi esperar que alguém me viesse ajudar e foi só nessa altura que saí do carro.
Não sei se travei ou se acelerei o carro quando vi que ia bater! Não me lembro... Não me lembro se o carro tinha as luzes acesas... Na verdade nem sei de onde apareceu o carro.
Há dias assim que mais valia ter ficado quietinha na cama a dormir.

3 comentários:

BalDocas disse...

Conheço essa sensação...é estranha!

Eu também tive uma aventura assim, aqui á uns anos, mas eu literalmente atroplei o homem da "sagres"; saiu de trás do camião da cerveja, com duas grades ao ombro, e eu naquela altura fiquei baralhada porque tinha 3 pedais e 2 pés...uma tragédia, sobrava um pedal!
Tirei os pés dos pedais, e as mão do volante, e o homem assutou-se deixou cair as grades partiu as cervejas, e caiu em cima dos vidros fez um corte na mão, que apanhou-lhe um tendão, e não teve mais nada, e eu um susto.

Continua em frente que isso passa.

beijo

Anne disse...

A grande boa notícia é que ninguém ficou machucado, o carro a gente conserta depois :)
beijos e sorte no trânsito

Karochinha disse...

Ainda bem que ninguém se feriu, já o traquma do acidente, espero que te passe, a mim aconteceu-me o mesmo e passados 10 anos ainda não me passou, tenho um piripaque sempre que um carro me aparece vindo da direita.....;)

Beijocas
P.S. - Como diz a minha irmã, antes isso do que partir uma perna!